Da ideia à publicação: Como escrever um artigo de sucesso?

Escrever um artigo pela primeira vez pode parecer assustador: “Que tema escolho para o meu artigo?”, “Como é que começo a escrever?” e muitas outras questões colocam-nos a desesperar e dificultam o começo da escrita!

No entanto, como vais perceber, escrever um artigo é muito mais fácil com os passos corretos!

Neste artigo, irás descobrir 7 passos que te irão ajudar a criar um artigo que qualquer pessoa gostaria de ler!

Vamos começar!

Editor de texto

Uma das etapas essenciais para poderes criares um artigo de sucesso, é saberes como trabalhar com o editor de texto! Sempre que escreves com o Jovens AESPS, irás usar o editor “Gutenberg”, um dos editores mais conhecidos no mundo por estar incorporado com o WordPress.

O editor Gutenberg é um editor visual que possibilita a construção de uma página/artigo através de blocos. Atualmente, usa-mo-lo para construir e editar todas as páginas e artigos do nosso website.

Editor Gutenberg usado para escrever artigos de sucesso
Editor Gutenberg – Editor de texto presente no WordPress e usado no Jovens AESPS

Assim que abres o editor Gutenberg vais notar diversas opções para ajudar a customizar o teu artigo. Se clicares nos “+” ou escreveres “/” no editor irá aparecer uma lista de blocos que podes usar, entre eles, títulos, parágrafos, imagens, incorporação de um link ou de um vídeo, entre muitos outros.

Desta forma, o uso correto do editor é de extrema importância e deves sempre perceber como utilizá-lo.

Mas, antes de começares a escrever também deves ter uma boa noção do que irás escrever! Assim, caso tenhas tempo, pesquisar por que tema queres falar e que palavras-chave deves usar é importante. E há diversas formas de fazer isto!

Pesquisa de Palavras Chave (Keyword Research)

É através da pesquisa de palavras chave que descobrimos que tema iremos aprofundar. As diversas formas que podes fazer isto são:

  • Através de mecanismos específicos de pesquisa de palavras chave, como o presente no Google Ads ou o UberSuggest do Neil Patel;
  • Através das redes sociais. O que é que as pessoas andam a falar no Facebook ou Twitter? Segue essas ideias na criação do teu artigo! (E, posteriormente, partilha nessas mesmas redes sociais 😉)
  • Através de uma pesquisa Google! Que resultados de pesquisa têm menos artigos (menos competição)? Caso numa pesquisa notes que poderias escrever um artigo que seria mais útil que os outros resultados, podes começar a passar para a próxima etapa!
  • Existem muitos outros métodos e não precisas de ficar agarrado a um único método! Até podes escrever sobre algo que te venha à cabeça ou fazer uma avaliação de um livro ou de um filme.

    Com o tema definido, vamos começar a escrever! A primeira coisa que deves pensar em escrever é o Título do artigo, pois este vai te guiar pela escrita.

    Título

    Apesar de parecer muito fácil, escrever um título interessante pode ser mais complexo do que parece!

    No entanto, existem algumas dicas para melhorar a tua habilidade a escrever títulos! Primeiro, deves confirmar que a tua palavra-chave está incluída no título para que as pessoas compreendam o tema do teu artigo nos resultados de pesquisa!

    Segundo, garante que o teu título é muito fácil de compreender! Quando as pessoas fazem pesquisas, estão à procura de informação rapidamente. Se o teu título é confuso, maior parte das pessoas irá ignorá-lo.

    Para garantir que o teu título é interessante, usa o acrónimo AIDA:

    AIDA

    O acrónimo AIDA é formado através das palavras:

    • Atenção: Deves usar uma(s) palavra(s) que capture(m) a atenção do leitor!
    • Interesse: Qual é o benefício que o leitor obtém ao ler o teu artigo? Pode ser algo simples como compreender um tema ou mais complexo como evitar que algo aconteça. Com o benefício definido, deves transmití-lo no título!
    • Desejo: Como é que estás a melhorar a vida do leitor? Podes estar a contribuir para que os leitores nunca mais façam nenhum erro gramatical na língua portuguesa, por exemplo. Apesar de ser semelhante aos benefícios, deves adicionar um senso de urgência ao título. Porque é que os leitores têm que ler o teu artigo agora? Comunica isso no teu título!
    • Ação: Possivelmente não irá aparecer no teu título, mas é importante encorajares as pessoas a visitarem o teu artigo, seja através da descrição (nos resultados de pesquisa) ou nas redes sociais.

    Introdução do teu artigo

    As primeiras palavras de um artigo podem fazer com que as pessoas continuem a ler ou abandonem a página. Assim, deves criar uma conexão emocional com os leitores, por exemplo, através de um problema que ambos sofrem.

    Podes usar perguntas que incitem a curiosidade relativamente ao teu tema, histórias, uso de estatísticas ou citações.

    Além disso, deves explicar ao leitor porque é que ele tem de ler o teu artigo! Aqui deves ser altamente cativante para garantir que grande parte dos visitantes irão ler todo o teu artigo!

    Imagens

    Um artigo sem imagens é uma garantia de baixo engajamento com o teu artigo e poucas partilhas.

    Caso não tenhas nenhuma imagem da tua autoria sobre um determinado tema, existem diversos locais onde podes encontrar imagens livres de direitos de autor. Alguns websites onde podes procurar são:

    Caso precises de manipular imagens, podes usar o GIMP, o Paint.NET ou o Canva, para edições mais simples.

    Com a introdução feita, irás agora escrever o artigo em si que deve responder às perguntas feitas na introdução e no título. Deves dividir o desenvolvimento através dos títulos H2 e H3 para ajudar os leitores a navegarem pelo teu trabalho!

    Após todo o esforço no desenvolvimento e na introdução, chega a altura da conclusão!

    Conclusão do artigo

    A conclusão é a secção do teu artigo que terá menos leitores, mas estes serão os mais interessados no teu tema, por isso é a melhor altura por encorajar os visitantes a agir!

    Assim, podes pedir que subscrevam a tua newsletter ou comprem um produto que vendas que esteja relacionado com o tema do teu artigo.

    E não te podes esquecer de incentivar os leitores a partilharem e a comentarem, pois estes irão te ajudar a impulsionar o teu artigo e o blog em si.

    Aparência e Rapidez do teu Blog

    Infelizmente, caso o teu blog tenha mau aspeto, principalmente se estiveres a usar temas antiquados, maior parte das pessoas vão abandonar a página sem sequer olhar para o conteúdo.

    Para facilitar a leitura, tende-se a usar um tema com fundo claro e com letras escuras. Mas podes criar secções com fundo escuro para chamar à atenção. Em relação ao texto, recomendo-te usar uma fonte de letra Serif, como Georgia ou Times New Roman.

    No nosso website, usamos maioritariamente o tipo de letra Georgia para o corpo do texto e temos diversos templates diferentes.

    Caso estejas a escrever como autor convidado num blog que não é teu, deves te informar como deves formatar o teu artigo. Como cada caso é diferente, deves ter atenção ao teu caso específico.

    Mas, além da apresentação, outro aspeto importante num blog é a rapidez. Quanto mais lento for o carregamento da página, maior será o abandono dos utilizadores e menor será a taxa de conversão.

    Por essa razão, deves otimizar as tuas páginas em termos de velocidade!

    Extra: Bibliografia

    Para escrever os teus artigos provavelmente usaste diversas fontes, quer sejam online ou em papel. Para dares crédito a todos os autores, deves usar uma norma reconhecida, como a norma APA.

    Neste artigo não irei explicar as regras desta norma, mas podes descobrir mais nos recursos da biblioteca.

    Com tudo isto feito, já só falta publicar o artigo! Podes publicar num jornal impresso, num blog ou até numa revista, apesar deste artigo estar mais direcionado para publicação online!

    Bom trabalho!

    E tu, já alguma vez publicaste um artigo? Se sim, conta-nos as técnicas que usastes nos comentários.

    E, se gostaste deste artigo, partilha-o!

    És aluno da AESPS? Descobre como o Jovens AESPS te pode ajudar aqui!

    Fonte: The Strategy of Content Marketing, UC Davis

    Da ideia à publicação: Como escrever um artigo de sucesso?

    Escrever um artigo pela primeira vez pode parecer assustador: “Que tema escolho para o meu artigo?”, “Como é que começo a escrever?” e muitas outras questões colocam-nos a desesperar e dificultam o começo da escrita!

    No entanto, como vais perceber, escrever um artigo é muito mais fácil com os passos corretos!

    Neste artigo, irás descobrir 7 passos que te irão ajudar a criar um artigo que qualquer pessoa gostaria de ler!

    Vamos começar!

    Editor de texto

    Uma das etapas essenciais para poderes criares um artigo de sucesso, é saberes como trabalhar com o editor de texto! Sempre que escreves com o Jovens AESPS, irás usar o editor “Gutenberg”, um dos editores mais conhecidos no mundo por estar incorporado com o WordPress.

    O editor Gutenberg é um editor visual que possibilita a construção de uma página/artigo através de blocos. Atualmente, usa-mo-lo para construir e editar todas as páginas e artigos do nosso website.

    Editor Gutenberg usado para escrever artigos de sucesso
    Editor Gutenberg – Editor de texto presente no WordPress e usado no Jovens AESPS

    Assim que abres o editor Gutenberg vais notar diversas opções para ajudar a customizar o teu artigo. Se clicares nos “+” ou escreveres “/” no editor irá aparecer uma lista de blocos que podes usar, entre eles, títulos, parágrafos, imagens, incorporação de um link ou de um vídeo, entre muitos outros.

    Desta forma, o uso correto do editor é de extrema importância e deves sempre perceber como utilizá-lo.

    Mas, antes de começares a escrever também deves ter uma boa noção do que irás escrever! Assim, caso tenhas tempo, pesquisar por que tema queres falar e que palavras-chave deves usar é importante. E há diversas formas de fazer isto!

    Pesquisa de Palavras Chave (Keyword Research)

    É através da pesquisa de palavras chave que descobrimos que tema iremos aprofundar. As diversas formas que podes fazer isto são:

  • Através de mecanismos específicos de pesquisa de palavras chave, como o presente no Google Ads ou o UberSuggest do Neil Patel;
  • Através das redes sociais. O que é que as pessoas andam a falar no Facebook ou Twitter? Segue essas ideias na criação do teu artigo! (E, posteriormente, partilha nessas mesmas redes sociais 😉)
  • Através de uma pesquisa Google! Que resultados de pesquisa têm menos artigos (menos competição)? Caso numa pesquisa notes que poderias escrever um artigo que seria mais útil que os outros resultados, podes começar a passar para a próxima etapa!
  • Existem muitos outros métodos e não precisas de ficar agarrado a um único método! Até podes escrever sobre algo que te venha à cabeça ou fazer uma avaliação de um livro ou de um filme.

    Com o tema definido, vamos começar a escrever! A primeira coisa que deves pensar em escrever é o Título do artigo, pois este vai te guiar pela escrita.

    Título

    Apesar de parecer muito fácil, escrever um título interessante pode ser mais complexo do que parece!

    No entanto, existem algumas dicas para melhorar a tua habilidade a escrever títulos! Primeiro, deves confirmar que a tua palavra-chave está incluída no título para que as pessoas compreendam o tema do teu artigo nos resultados de pesquisa!

    Segundo, garante que o teu título é muito fácil de compreender! Quando as pessoas fazem pesquisas, estão à procura de informação rapidamente. Se o teu título é confuso, maior parte das pessoas irá ignorá-lo.

    Para garantir que o teu título é interessante, usa o acrónimo AIDA:

    AIDA

    O acrónimo AIDA é formado através das palavras:

    • Atenção: Deves usar uma(s) palavra(s) que capture(m) a atenção do leitor!
    • Interesse: Qual é o benefício que o leitor obtém ao ler o teu artigo? Pode ser algo simples como compreender um tema ou mais complexo como evitar que algo aconteça. Com o benefício definido, deves transmití-lo no título!
    • Desejo: Como é que estás a melhorar a vida do leitor? Podes estar a contribuir para que os leitores nunca mais façam nenhum erro gramatical na língua portuguesa, por exemplo. Apesar de ser semelhante aos benefícios, deves adicionar um senso de urgência ao título. Porque é que os leitores têm que ler o teu artigo agora? Comunica isso no teu título!
    • Ação: Possivelmente não irá aparecer no teu título, mas é importante encorajares as pessoas a visitarem o teu artigo, seja através da descrição (nos resultados de pesquisa) ou nas redes sociais.

    Introdução do teu artigo

    As primeiras palavras de um artigo podem fazer com que as pessoas continuem a ler ou abandonem a página. Assim, deves criar uma conexão emocional com os leitores, por exemplo, através de um problema que ambos sofrem.

    Podes usar perguntas que incitem a curiosidade relativamente ao teu tema, histórias, uso de estatísticas ou citações.

    Além disso, deves explicar ao leitor porque é que ele tem de ler o teu artigo! Aqui deves ser altamente cativante para garantir que grande parte dos visitantes irão ler todo o teu artigo!

    Imagens

    Um artigo sem imagens é uma garantia de baixo engajamento com o teu artigo e poucas partilhas.

    Caso não tenhas nenhuma imagem da tua autoria sobre um determinado tema, existem diversos locais onde podes encontrar imagens livres de direitos de autor. Alguns websites onde podes procurar são:

    Caso precises de manipular imagens, podes usar o GIMP, o Paint.NET ou o Canva, para edições mais simples.

    Com a introdução feita, irás agora escrever o artigo em si que deve responder às perguntas feitas na introdução e no título. Deves dividir o desenvolvimento através dos títulos H2 e H3 para ajudar os leitores a navegarem pelo teu trabalho!

    Após todo o esforço no desenvolvimento e na introdução, chega a altura da conclusão!

    Conclusão do artigo

    A conclusão é a secção do teu artigo que terá menos leitores, mas estes serão os mais interessados no teu tema, por isso é a melhor altura por encorajar os visitantes a agir!

    Assim, podes pedir que subscrevam a tua newsletter ou comprem um produto que vendas que esteja relacionado com o tema do teu artigo.

    E não te podes esquecer de incentivar os leitores a partilharem e a comentarem, pois estes irão te ajudar a impulsionar o teu artigo e o blog em si.

    Aparência e Rapidez do teu Blog

    Infelizmente, caso o teu blog tenha mau aspeto, principalmente se estiveres a usar temas antiquados, maior parte das pessoas vão abandonar a página sem sequer olhar para o conteúdo.

    Para facilitar a leitura, tende-se a usar um tema com fundo claro e com letras escuras. Mas podes criar secções com fundo escuro para chamar à atenção. Em relação ao texto, recomendo-te usar uma fonte de letra Serif, como Georgia ou Times New Roman.

    No nosso website, usamos maioritariamente o tipo de letra Georgia para o corpo do texto e temos diversos templates diferentes.

    Caso estejas a escrever como autor convidado num blog que não é teu, deves te informar como deves formatar o teu artigo. Como cada caso é diferente, deves ter atenção ao teu caso específico.

    Mas, além da apresentação, outro aspeto importante num blog é a rapidez. Quanto mais lento for o carregamento da página, maior será o abandono dos utilizadores e menor será a taxa de conversão.

    Por essa razão, deves otimizar as tuas páginas em termos de velocidade!

    Extra: Bibliografia

    Para escrever os teus artigos provavelmente usaste diversas fontes, quer sejam online ou em papel. Para dares crédito a todos os autores, deves usar uma norma reconhecida, como a norma APA.

    Neste artigo não irei explicar as regras desta norma, mas podes descobrir mais nos recursos da biblioteca.

    Com tudo isto feito, já só falta publicar o artigo! Podes publicar num jornal impresso, num blog ou até numa revista, apesar deste artigo estar mais direcionado para publicação online!

    Bom trabalho!

    E tu, já alguma vez publicaste um artigo? Se sim, conta-nos as técnicas que usastes nos comentários.

    E, se gostaste deste artigo, partilha-o!

    És aluno da AESPS? Descobre como o Jovens AESPS te pode ajudar aqui!

    Fonte: The Strategy of Content Marketing, UC Davis

    Não queres perder nada? Subscreve a nossa newsletter!

    Queres estar na linha da frente sempre que o Jovens AESPS publicar conteúdo? Subscreve a nossa newsletter, quer seja por email ou por notificações, para nunca mais perderes os últimos artigos, histórias e vídeos publicados pelo Jovens AESPS!

    Podes cancelar a tua subscrição a qualquer momento.

    Deixa um comentário