O Ruído

O Ruído

Apesar de subestimado, o Ruído apresenta diversas consequências para o humano! Fica com o Miguel para descobrires o que é o ruído e como é gerado, as suas consequências e como podes prevenir estas consequências!

Sabias que?!

  • O ruído pode causar problemas psicopatológicos, como agitação respiratória e aumento da pressão arterial?!

Olá a todos! Sejam bem-vindos a mais um episódio no qual vamos falar sobre o Ruído.

O que é o Ruído?

Antes de entrarmos nos pormenores, vamos definir o que é ruído. Ruído é o barulho ou som produzido por alguma coisa, ser vivo ou ser não vivo (objeto), cujo na maioria das vezes é considerado irritante ou desagradável.

Este fator, principalmente nas zonas mais urbanas, mas não só, contribui de forma relevante para a qualidade de vida, pois qualquer som irritante ou desagradável pode condicionar o bem-estar do ser humano.

Causas do Ruído

Este som/ruído pode ser provocado por imensas coisas, mas as mais frequentes são, o som causado pelas fábricas, zonas de comércio, tráfego rodoviário, animais, ou até mesmo pela própria população, e pode ser classificado em níveis de intensidade.

Estes níveis são 5 e são os seguintes: repousante, incomodativo, fatigante, perigoso e doloroso, sendo do mais cómodo para o menos cómodo. Estes níveis são diferenciados pelo número de decibéis que cada um desses níveis possui.

Consequências

Já entendemos o que é o Ruído e como este é gerado, e agora vamos falar sobre as suas consequências.

O ruído excessivo e constante, mais além dos lógicos efeitos negativos na audição, pode provocar outros problemas na saúde humana, especialmente entre os mais jovens e mais idosos. Além da surdez, o ruído pode causar problemas psicopatológicos como agitação respiratória e aumento da pressão arterial, problemas psicológicos como episódios de stress e ansiedade, problemas de memória e de sono.

Como prevenir estes problemas?

Agora, para terminar, vou apresentar algumas soluções para prevenir estes problemas.
Algumas soluções para prevenir estes problemas podem ser realizados por qualquer um, como:

  • Realizar atividades de lazer sem gerar ruído excessivo,
  • Evitar o uso do carro e escolher alternativas como a bicicleta ou o veículo elétrico,
  • Fazer obras domésticas nos horários recomendados,
  • Isolar as moradias com materiais que absorvem ruídos,
  • Proteger determinadas zonas como áreas de campo, espaços de interesse natural, parques urbanos, etc.,
  • isolar acusticamente os edifícios recém-construídos, e
  • criar áreas de pedestres com horários de circulação restritos para carga.

Não queres perder nada? Subscreve a nossa newsletter!

Queres estar na linha da frente sempre que o Jovens AESPS publicar conteúdo? Subscreve a nossa newsletter, quer seja por email ou por notificações, para nunca mais perderes os últimos artigos, histórias e vídeos publicados pelo Jovens AESPS!

Podes cancelar a tua subscrição a qualquer momento.

Deixa um comentário