Como é que os negacionistas nos levam a desacreditar a ciência?

No nosso mundo estamos continuamente a ser bombardeados com informação. Mas, com a possibilidade de qualquer pessoa partilhar informação, problemas como notícias falsas emergem continuamente! Neste artigo, podes descobrir como é que os negacionistas partilham as suas informações falsas! (E como te podes defenderes!)
Notícias falsas - Como é que os negacionistas nos levam a desacreditar a ciência - Imagem

negacionista (adj.):
1. que nega alguma coisa

2. que recusa aceitar a realidade empírica ou as evidências

Dicionário Infopédia

O que são notícias falsas?

Quando nos referimos a notícias falsas pensamos em transmissão de informações incorretas como verdadeiras, muitas vezes motivadas pela falta de consenso entre cientistas.

Apesar de não serem uma novidade, a disseminação de notícias falsas aumentou com a facilidade de acesso a redes sociais, onde muitas pessoas conseguem partilhar conteúdo.

Os seus objetivos passam por ganhar dinheiro com publicidade e confundir a população em geral.

A nível ambiental, já deves ter ouvido falar várias vezes dos negacionistas das alterações climáticas.
Estas pessoas tendem a usar diversas estratégias para te fazer acreditar no que dizem.

Métodos dos negacionistas:

Os negacionistas usam diversos métodos para tentar convencer a sua audiência em geral. As principais técnicas são:

TécnicasDescriçãoExemplos
“Fake Experts”Apresentar uma pessoa ou instituição não qualificada como fonte de informações confiáveis.Um físico aposentado contraria as alterações climáticas, considerando-as uma ocorrência natural
Falácia LógicaArgumentos em que a conclusão não segue logicamente das premissas.O clima mudou naturalmente no passado, então o que está a acontecer agora deve ser natural.
Expectativas ImpossíveisExigir padrões irrealistas de certeza.Os cientistas nem conseguem prever o tempo na próxima semana. Como é que podem prever o clima daqui a 100 anos?
“Cherry Picking”Selecionar cuidadosamente dados que parecem confirmar uma posição, enquanto ignora todos os outros dados que contradizem essa posição.O aquecimento global parou em 1998.
Teorias da conspiraçãoPropor que existe um plano secreto para implementar um esquema, como esconder uma verdade.Os emails do portal do clima provam que os cientistas do clima se envolveram numa conspiração para enganar o público.
As principais técnicas dos negacionistas para nos levarem a desacreditar a ciência

Podes descobrir mais sobre estas técnicas neste vídeo:

Apesar destas 5 técnicas serem as principais, existem muitas outras formas que os negacionistas usam para tornar as notícias falsas convincentes! Por vezes, até dizem apenas que algo está errado e limitam-se a recusar dados oficiais e científicos e, noutros casos, preferem atacar os cientistas por detrás das investigações, em vez de argumentarem contra os factos.

Tecnicas para negar a ciência e divulgar notícias falsas
Técnicas que os negacionistas usam para desacreditar a ciência – Imagem de John Cook.
Sabe mais em: https://skepticalscience.com/history-FLICC-5-techniques-science-denial.html

Mas, a natureza emotiva dos humanos também contribui para a disseminação de notícias falsas!

A natureza emotiva dos seres humanos.

Os humanos são seres vivos emotivos. Por esta razão, quando possuímos uma ideia fixa, é bastante difícil alterar o nosso ponto de vista e o mesmo acontece com as informações que consumimos: Tendemos a preferir e partilhar conteúdo que vai de acordo com a nossa opinião, mesmo que esta informação não seja verdadeira. Pelo contrário, a informação que não provoca emoções e é contra a nossa opinião pode chegar a ser ignorada.

Assim, podes concluir que as notícias falsas tentam causar um grande impacto emocional, de forma a que recebam mais partilhas, gostos e posteriormente alterem a opinião de mais pessoas.

Ou seja, ao contrário das notícias elaboradas por jornalistas confiáveis, que se baseiam em factos e em diversas fontes credíveis, as notícias falsas envolvem as nossas emoções e, muitas vezes, pedem para acreditar nelas.

Como detetar notícias falsas?

Provavelmente estás a pensar: “Então…como é que sei se uma notícia é falsa?”.

Bem, a resposta é bastante simples, vou dar-te alguns conselhos:

  • Não leias apenas o título da notícia, lê-a por completo;
  • Verifica o autor e as suas fontes;
  • Pesquisa o título da notícia no google ou noutro motor de busca para ver se existem mais pessoas a reportar o mesmo acontecimento;
  • Divide a notícia em várias partes e verifica a veracidade de cada uma delas;
  • Caso a notícia seja uma imagem utiliza um motor de busca, como o google, em modo reverso, ou seja, arrasta a imagem para o google images e, caso existam imagens semelhantes, estas aparecerão nos resultados da pesquisa;
  • Se a notícia for um vídeo ou um áudio tenta resumi-la em poucas palavras e, mais uma vez, utiliza um motor de busca para encontrares correspondências;
  • Caso tenhas sido informado acerca da notícia por um familiar ou amigo, questiona-o acerca da fonte da mesma.

Mas acima de tudo, caso não tenhas a certeza de que uma notícia é verdadeira, não a partilhes!!

Como convencer os negacionistas? 

Alterar a mentalidade de alguém que possui uma opinião muito forte num diverso tema é um trabalho bastante difícil! Além disso, normalmente, para estas pessoas apresentar inicialmente factos não é uma forma viável de transmitir a mensagem, pois estão emocionalmente envolvidas no tema.

Apesar de não haver nenhuma forma 100% válida de como convencer uma pessoa que não acredite na ciência, eis um método de o tentar fazer: 

Primeiro, deves verificar qual o método que a pessoa está a usar para te fazer acreditar na desinformação através da tabela acima ou através deste link.

Assim, com isto poderás orientar o teu contra argumento. Por exemplo, caso a pessoa esteja a suprimir evidências (ignorar diversos estudos a favor de um) podes lhe mostrar todas as outras evidências.

Como garantir que não partilhas notícias falsas?

Uma ótima forma de garantires que não te estás a enganar nem a ti nem aos outros é tu mesmo verificares a veracidade da notícia, seja através dos diversos motores de busca ou de verificadores de informação (fact check). 

Agora que já sabes como é que os negacionistas partilham factos e notícias falsas, conta-nos nos comentários se alguma vez foste alvo de algum destes métodos!

No próximo episódio do Podcast EESPS, o Miguel e o Tiago falarão sobre resíduos. Até lá! 

Este artigo é a transcrição e continuação do episódio #7 do Podcast da EESPS:

Fontes:

https://www.sciencedaily.com/releases/2020/01/200108160312.htm
https://www.nbcnews.com/mach/science/how-one-scientist-convinces-skeptics-faith-climate-action-aren-t-ncna920746
https://skepticalscience.com/history-FLICC-5-techniques-science-denial.html
https://www.climatechangecommunication.org/wp-content/uploads/2020/05/ConspiracyTheoryHandbook_Portuguese.pdf
Imagem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:FLICC_Taxonomy_of_Logical_Fallacies.jpg

Não queres perder nada? Subscreve a nossa newsletter!

Queres estar na linha da frente sempre que o Jovens AESPS publicar conteúdo? Subscreve a nossa newsletter, quer seja por email ou por notificações, para nunca mais perderes os últimos artigos, histórias e vídeos publicados pelo Jovens AESPS!

Podes cancelar a tua subscrição a qualquer momento.

Deixa um comentário